5 mitos sobre as estrias revelados para você!

Quando se trata de diminuir as estrias, como em qualquer assunto que envolva estética, há diversos mitos espalhados e fica muito difícil diferenciar o que é verdade e o que é desinformação.

As estrias são causadas por diversos fatores e apresentam dois estágios de desenvolvimento: as vermelhas — que são ainda recentes e podem sumir com mais facilidade — e as brancas, lesões já cicatrizadas e mais difíceis de serem removidas.

Para ajudar você a combater esse mal e tentar diminuir as estrias, separamos algumas das crenças relacionadas a elas e esclarecemos o que é fato e o que é mito. Confira!

1. As estrias só aparecem na adolescência

Mito. Apesar de muitas pessoas desenvolverem estrias na adolescência, o seu surgimento pode acontecer em qualquer momento da vida, basta que haja a destruição das fibras elásticas e colágenas da pele.

Geralmente, esse rompimento acontece quando há um estiramento da região, que pode ser causado por:

  • uso de corticoides;
  • aumento súbito de peso;
  • gravidez;
  • uso de anabolizantes;
  • colocação de próteses nos seios;
  • fatores genéticos;
  • puberdade;
  • crescimento acelerado;
  • excesso de atividades físicas.

Apesar de aparecem em qualquer parte do corpo, as estrias costumam se concentrar nas seguintes áreas:

  • coxas;
  • nádegas;
  • seios;
  • barriga;
  • costas.

2. Produtos para estrias não funcionam

Mais um mito. Com o avanço da tecnologia aplicada nos medicamentos e cosméticos, surgiram diversas opções de tratamento para estrias, até mesmo das brancas, o tipo mais difícil de ser removido.

Uma delas é a caneta anti-estrias, que conta com ácido hialurônico para ativar a renovação celular e melhorar a elasticidade da pele, tratando não só as lesões, mas também prevenindo o aparecimento de novas estrias.

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

3. Óleo de amêndoas ajudam na prevenção

Verdade. Nossas avós estavam certas ao afirmar que usar óleo de amêndoas depois do banho pode sim prevenir o aparecimento de estrias, pela ação da vitamina E, além do seu grande poder hidratante.

Mas atenção! O óleo de amêndoas só atua na prevenção de novas estrias, nunca no tratamento das que já estão esbranquiçadas na pele.

4. Comer gelatina previne estrias

Verdade! Por conter colágeno, a principal substância que compõe as fibras destruídas pelas estrias, a gelatina é capaz de prevenir o aparecimento de novas lesões e ainda melhorar o aspecto e a elasticidade da sua pele.

A quantidade diária necessária é de 250 mg, que podem ser substituídos por suplementos de colágeno e o uso constante de cremes com esse componente.

5. Suco de batata não adianta contra estrias

Por incrível que pareça, mito! O suco de batatas tem sim um bom potencial para amenizar as estrias, justamente por possuir antioxidantes, substâncias emolientes, além de vitamina C.

Seu uso é bem fácil: corte uma batata ao meio e passe nas partes afetadas, fazendo movimentos circulares. Deixe agir de 5 a 10 minutos e enxágue delicadamente com água morna.

Com as dicas que separamos, será muito mais fácil diminuir as estrias e garantir uma pele mais saudável e sem manchas. Se você gostou das dicas, compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais e ajude mais pessoas a se livrarem desse problema!

Onde encontrar?

Encontre aqui produtos para auxilio no combate as estrias.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.