A ansiedade afeta diferentes partes do nosso corpo. Descubra quais e como!

Os efeitos da ansiedade afetam a rotina de muitas pessoas. Distúrbio psicológico que manifesta sintomas como medo e preocupação excessiva com o que ainda não aconteceu, o Brasil é o país mais ansioso do mundo. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), pelo menos 9,3% da população sofre com esse problema — o triplo da média mundial.

Nas suas crises, a ansiedade paralisa e impede que a pessoa consiga tomar decisões importantes. Além disso, a doença também afeta diversas partes do corpo, o que é visto como um dos maiores problemas de saúde da atualidade.

Você é ansioso? Então este post é para você! Continue a leitura e confira quais são os impactos que este distúrbio pode desencadear no seu corpo. Vamos lá?

Coração

O coração é um dos órgãos mais atingidos pela ansiedade. Isso acontece porque, nas crises, grandes quantidades de adrenalina são liberadas no sangue, o que estimula o aumento da frequência cardíaca.

Embora o quadro seja revertido assim que os efeitos da ansiedade passam, para aqueles que vivem em momentos de tensão, o coração continua batendo em nível acelerado de forma contínua.

Assim, ocorre o aumento do risco de doença cardíaca, como infarto agudo do miocárdio (IAM) e acidentes vasculares.

Pele

O suor frio e o rosto quente e avermelhado são sinais clássicos de uma crise de ansiedade. Isso acontece devido à mudança do fluxo sanguíneo — outro resultado do aumento de adrenalina no corpo.

A curto prazo, essas reações não provocam grandes danos. O problema é que, com o tempo, elas podem acelerar o envelhecimento da pele e comprometer a sua autoestima.

Cérebro

A ansiedade afeta o cérebro de diferentes formas.

Baixa concentração

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

Uma pessoa ansiosa vive em estado de alerta, sob autocobrança e pressão externa excessiva. Essa preocupação constante com eventos futuros cria uma barreira que impede a mente de se concentrar em assuntos que precisam ser resolvidos no momento.

Dessa forma, a realização de tarefas do dia a dia acaba prejudicada, podendo afetar a vida profissional, os estudos e até os relacionamentos sociais de uma pessoa.

Problemas de sono

Uma crise de ansiedade impede o cérebro de se desligar dos problemas até mesmo na hora de dormir, o que acaba resultando em irregularidades no sono. Sem recuperar as energias durante a noite, os riscos de uma nova crise de ansiedade aumentam — o que cria um verdadeiro círculo vicioso de distúrbios psicológicos.

Tontura

A pressão psicológica sentida durante os momentos de ansiedade podem desencadear quadros de tontura e vertigem, que agravam a sensação de desespero da crise ansiosa.

Sistema digestivo

Por fim, não podemos deixar de citar que os problemas gastrointestinais, como dores de estômago, náuseas, vômitos e diarreias, estão muito associados a crises de ansiedade. Quando se tornam frequentes, estes sintomas geram complicações como refluxo, gastrite e deficiências na flora intestinal.

Viu só como os efeitos da ansiedade podem ser muito prejudiciais para o seu organismo? Por isso, não deixe de procurar um médico assim que notar os primeiros sinais para receber o tratamento mais indicado para o seu caso. O controle da ansiedade é fundamental para garantir o seu bem-estar e qualidade de vida.

Que tal aprender algumas dicas de como controlar a ansiedade agora mesmo? Não perca tempo e parta para a leitura!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.