Afinal, pode ou não pode fazer abdominal todos os dias? Entenda!

Muitas pessoas que fazem exercícios físicos com regularidade, seja em casa, seja na academia, desejam ter um abdômen forte e definido. Para conquistar esse resultado, a maioria coloca no seu treino o hábito de fazer abdominais todos os dias. Mas será que isso é benéfico?

O exercício é importante para a redução da gordura no organismo, principalmente a que está localizada na barriga. Além disso, é fundamental para melhorar a saúde, a sustentação e a postura. Contudo, é necessário saber a frequência adequada de se fazer a atividade.

Se você deseja saber se pode ou não fazer abdominal todo dia, não perca o nosso post. Boa leitura!

Afinal, pode fazer abdominal todo dia?

A função do abdominal é estimular os músculos por meio de um estresse que provoca processos inflamatórios e gera o crescimento muscular. Entretanto, para que isso ocorra, é necessário que a área trabalhada tenha um descanso, já que os músculos crescem mesmo durante a recuperação.

Logo, o que definirá a melhor frequência de treino para a musculatura é a relação entre recuperação e estímulo do músculo. Quanto mais intensa a atividade, mais tempo (dias) será preciso para recuperar e se adaptar ao estímulo.

Assim, não se recomenda fazer abdominal todo dia para que o músculo tenha tempo de descansar.

Quais são os cuidados no momento de fazer o exercício?

Respiração e postura adequada são alguns fatores que precisam ser levados em conta na hora de praticar o exercício, evitando, assim, lesões na lombar. Veja, a seguir, algumas dicas.

Atente-se à postura correta

Ao fazer abdominal, é importante ficar atento ao seu posicionamento no chão e durante o exercício, principalmente no final das séries, quando o cansaço atrapalha a postura. Para isso, mantenha os pés e os ombros alinhados. Além disso, afaste as pernas na altura dos quadris e flexione os joelhos, mantendo os dois pés bem firmes ao chão.

Lembre-se de respirar corretamente

Nem todos ficam atentos à respiração durante a prática do abdominal, mas isso é um fator essencial para alcançar as metas.

O ideal é expirar durante a contração muscular e inspirar no relaxamento muscular. Com isso, é possível conquistar uma amplitude maior do movimento, pois a pressão intra-abdominal diminui e o sangue circula com facilidade pelo corpo.

Do ponto de vista fisiológico, esse tipo de respiração não é natural, o que quer dizer que você deverá ficar concentrado ainda mais durante a execução da prática.

Faça pausas entre as séries

O tempo de recuperação entre as séries pode variar de acordo com diversos fatores. Quanto menor o intervalo, menos energia você terá disponível, o que causará fadiga e dores. Por isso, o recomendado é fazer uma pausa de, pelo menos, 30 segundos entre as séries.

Agora que você já sabe que o ideal não é fazer abdominal todo dia, lembre-se de tomar todos os cuidados no momento de realizar a prática. Com isso, é possível obter bons resultados, melhorando a saúde e o bem-estar.

Gostou deste post e quer complementar a sua leitura? Então, em seguida, entenda o que causa flacidez na barriga e como isso pode ser tratado!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.