Você sente dores na canela ao praticar exercícios? Descubra como evitar!

A prática de atividades físicas apresenta diversos benefícios, como redução do estresse, liberação de endorfina, fortalecimento dos músculos etc. Nesse caso, é comum que surjam dores musculares após os exercícios por conta da cicatrização. Contudo, existem outros tipos de incômodos que merecem atenção especial e um tratamento adequado, como é o caso da canelite.

Esse termo é utilizado para designar as dores na região da canela após a intensificação ou o início de algum exercício físico. Essa sensação de queimação acomete principalmente quem se exercita de modo moderado a intenso. Em algumas situações, os conhecidos atletas de fim de semana ou os iniciantes no esporte também podem sofrer com o problema.

Neste post, vamos mostrar o que é a canelite e quais são os seus sintomas. Confira!

O que é e como acontece a canelite?

A canelite é uma inflamação que atinge a canela em decorrência de alguns problemas que a pessoa enfrenta durante o início de um esporte. Ela provoca uma dor na região da tíbia (osso da canela), que é razoável. No entanto, se não tratada, pode aumentar a intensidade, atrapalhando a caminhada.

O problema é cumulativo e derivado da sobrecarga repetida e do estresse sobre articulações, músculos e ossos da perna. Em geral, a canelite acomete atletas e corredores envolvidos em esportes com salto e impacto.

Quais são as causas da canelite?

A canelite ocorre pelo estresse de repetição, mas existem fatores de risco que podem facilitar o aparecimento do problema:

  • contração inadequada de um dos músculos da canela;
  • diminuição da resistência muscular dos tornozelos;
  • pronação excessiva dos pés.

Quais são os sintomas?

O sintoma principal são as dores na canela, principalmente na área interna da perna. Entretanto, em algumas situações, a canelite pode causar sensibilidade e inchaço ao toque, até mesmo no momento de se vestir.

Assim, tente prestar atenção se há sensação de queimação, fraqueza nos pés ou se o incômodo aumenta durante a prática das atividades, mesmo durante o descanso. Nesse caso, é fundamental procurar um ortopedista e não deixar a dor se prolongar.

Como é feito o tratamento?

A fim de diagnosticar a canelite, o especialista solicita o raio-x para descartar qualquer tipo de lesão ou fratura, além de exames clínicos. O médico também investiga os seus hábitos e pergunta tudo sobre o tipo de exercício que você pratica.

Quando o problema é mais brando, o ideal é repousar e interromper as atividades físicas. Em outras situações, também é recomendado:

  • rever o tênis que está usando, se é o mais adequado para o seu tipo de pisada;
  • usar bandagem de compressão;
  • utilizar bolsa de gelo para diminuir o inchaço;
  • fazer alongamentos diários, principalmente para o calcanhar, tornozelo, panturrilha e músculos anteriores e posteriores.

Como vimos, a canelite é um problema que pode afetar muitas pessoas que praticam exercícios físicos. Assim, é importante respeitar o tempo de recuperação para evitar que a condição evolua para casos mais graves.

Gostou deste texto? Você já teve canelite após a prática de alguma atividade física? Deixe um comentário em nosso post e conte para a gente!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.