Chá-verde é realmente benéfico? Descubra agora!

Por ter se tornado uma bebida muito famosa, várias pessoas têm dúvidas se o chá-verde funciona mesmo. Conhecido graças às suas propriedades antioxidantes e diuréticas, ele ajudaria a emagrecer e a manter a boa saúde — por isso, inclusive, é muito usado por quem busca perder peso.

O chá-verde é feito a partir das folhas da Camellia sinensis, uma planta nativa do Oriente, que ajuda a preservar seus nutrientes naturais e mantém um teor médio de cafeína. Seus tipos mais comuns são o Sencha, Bancha, Genmaicha, Gyokuro, Houjicha e o Matcha.

Mas, afinal, ele funciona mesmo? É o que veremos neste post!

Quais são os efeitos do chá-verde no organismo humano?

De fato, o chá-verde pode trazer muitos benefícios à saúde. Sua grande quantidade de nutrientes atua no organismo combatendo os radicais livres e outros agentes causadores de doenças. São boas quantidades de vitaminas, polifenóis e minerais — como manganês, potássio, vitamina B1 e B2, ácido fólico e vitamina C.

Esse tipo de chá não apresenta muita cafeína em sua composição, porém, seu efeito estimulante ainda atua sobre o sistema nervoso. Por isso, ele ajuda a acelerar o metabolismo, mas se consumido em excesso pode causar insônia, dor de cabeça, agitação, aumento do ritmo cardíaco e irritação.

O ácido clorogênico

Dentre as substâncias presentes no chá-verde, uma merece destaque aqui: o ácido clorogênico. Esse é um fitoquímico presente em algumas plantas que impede o corpo de usar o açúcar dos alimentos como fonte de energia. Dessa forma, o organismo é obrigado a utilizar a reserva de gordura como combustível.

Quais são os seus benefícios?

O ácido clorogênico apresenta muitos benefícios para o organismo. Confira alguns deles a seguir.

Ajuda a emagrecer

Como dissemos, um dos benefícios dessa substância é que ela evita a absorção de gordura pelo organismo, aumentando o seu metabolismo.

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

Reduz a pressão sanguínea

Pessoas que sofrem de hipertensão têm mais riscos de sofrer um infarto ou outro problema no coração. Nesses casos, o ácido clorogênico é muito útil, pois inibe a ação de enzimas que elevam pressão sanguínea.

Ajuda pessoas com diabetes

O consumo do chá-verde também pode ser indicado para quem tem diabetes tipo 2 e não consegue absorver a insulina produzida pelo pâncreas. Isso porque o ácido clorogênico é capaz de reduzir os picos de glicose e insulina depois de uma refeição.

Controla as taxas de colesterol

O mesmo se aplica para pessoas com colesterol elevado: a substância ajuda a reduzir os níveis do colesterol ruim (LDL) e a elevar os do bom (HDL). Isso impede o acúmulo de placas de gordura nas artérias, evitando muitos problemas cardíacos.

Bom, agora que você entendeu como o chá-verde funciona, já pode acrescentar a bebida na sua rotina! O ideal é consumir de 1 a 3 xícaras por dia. E ele é muito versátil: você pode bebê-lo quente, gelado, ou ainda batê-lo com mel ou frutas para acabar com o sabor levemente amargo que ele apresenta.

Agora, se gostou deste conteúdo, que tal complementar a leitura e conhecer os produtos que ajudam a bloquear a absorção de gordura de forma saudável?

Conheça o chá verde em cápsulas

Para conhecer o chá verde em cápsulas é só clicar neste link.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.