Chocolate e tpm: essa relação é benéfica para o período pré-menstrual?

Provavelmente, você já ouviu falar que durante o período da tensão pré-menstrual, além da irritabilidade, dores de cabeça, cólica e inchaço, muitas mulheres recorrem aos doces para aliviar esses sintomas, principalmente o consumo por chocolate.

Embora essa compulsão pareça uma desculpa, acredite: há uma relação entre chocolate e tpm. Um estudo realizado pela USP em 2019 mostrou que os chocolates contêm substâncias que ajudam a minimizar os sintomas da tensão pré-menstrual. Mas, afinal, quais são elas e como agem para que o chocolate seja o queridinho das mulheres? Continue lendo este post e descubra!

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

Por que as mulheres querem comer tanto chocolate no período pré-menstrual?

Não é de hoje que o chocolate é um dos alimentos mais procurados na tpm. Isso porque as variações hormonais durante esse período afetam os mensageiros químicos no organismo, alterando os níveis ou deixando de produzir alguns nutrientes, como cálcio, magnésio, ferro e a serotonina.

Dessa forma, para recuperá-los, o corpo sente a necessidade de consumir alimentos que estimulem a produção dessas substâncias. Além do sabor e aroma que tornam o chocolate irresistível, a ingestão aciona os neurotransmissores. Em especial, um aminoácido conhecido como triptofano, que pode ser encontrado no cacau, cuja ação é aumentar o nível de serotonina, hormônio responsável por bem-estar, prazer e alegria.

Quais são os motivos pelos quais comer chocolate alivia os sintomas da TPM?

Durante a tpm, os principais sintomas são mau humor, cólica, dores de cabeça e desânimo. O chocolate, por sua vez, contém substâncias que amenizam esses problemas, principalmente por ter efeito estimulante e antidepressivo com a contribuição do aumento nos níveis da serotonina. Consequentemente, contribui para a sensação de prazer e bem-estar, aliviando os mal-estares.

Qual a quantidade ideal de chocolate durante a TPM?

Como qualquer outro alimento, o chocolate em excesso também faz mal para a saúde. O ideal é consumir de 15 a 25 g que contenham no mínimo 70% de cacau, pois têm menos açúcar e mais magnésio na composição.

Além do chocolate, há outras mudanças na rotina que podem aliviar os sintomas da tpm, como atividades físicas, praticar a meditação, bem como uma dieta equilibrada. Isso porque os exercícios ajudam a relaxar e principalmente liberam endorfina, que é conhecida como o hormônio da felicidade.

Já uma boa alimentação evita o surgimento de náuseas, desconfortos abdominais e outras queixas durante esse período. Inclua na dieta alimentos ricos em magnésio, como banana, aveia, beterraba, castanha e linhaça, além de vegetais verdes escuros, pois ajudam a diminuir o inchaço e a aliviar cólicas.

No entanto, vale ressaltar que os sintomas de chocolate e tpm podem variar de uma mulher para outra. Caso essas dicas não aliviem, o recomendado é procurar por um ginecologista. Afinal, somente um especialista pode indicar a medida mais adequada para o paciente, seja variações de medicamentos, suplementos ou pílulas anticoncepcionais.

Gostou deste post? Então, siga a gente nas redes sociais e fique por dentro deste e de outros assuntos relacionados à saúde e bem-estar. Estamos no Instagram e Facebook. Até mais!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.