3 informações que desmitificam a ideia de que diurético faz mal à saúde!

Quem se preocupa com a boa forma e o bem-estar já ouviu falar bastante a respeito dos diuréticos, não é mesmo? E você saberia dizer o que são essas substâncias e, principalmente, se fazem mal à saúde ou se isso é um grande mito?

Em primeiro lugar, é preciso entender que os diuréticos são remédios que contribuem para o aumento do fluxo urinário, o que acelera a eliminação do sódio no organismo e diminui a retenção de líquidos e ainda age na redução da pressão arterial e no controle de doenças renais e cardíacas.

Diante disso, vamos apresentar 3 informações que desmistificam a ideia de que o diurético faz mal à saúde. Prossiga com a leitura e saiba mais!

1. Descubra quais são as indicações para o uso de diuréticos

Conforme dissemos no início, os diuréticos são indicados para o tratamento auxiliar de várias doenças que exigem o melhor funcionamento do aparelho urinário visando principalmente à eliminação de líquidos e de algumas substâncias específicas como o ácido úrico. As principais recomendações para o uso de diuréticos são:

  • retenção de líquidos causada por situações diversas;
  • insuficiência renal;
  • pressão arterial alta;
  • insuficiência cardíaca;
  • tratamento de artrite;
  • tratamento de gota.

Logo, podemos concluir que é um mito pensar que diurético faz mal à saúde, já que o uso supervisionado do medicamento contribui para o tratamento de várias doenças e ainda apresenta vantagens para quem deseja diminuir o acúmulo de líquidos e metais pesados no corpo.

2. Saiba como deve ser o seu consumo e quais são os efeitos colaterais

O uso de diuréticos deve ser sempre acompanhado e prescrito por um profissional da área de saúde, pois, apesar de todos os benefícios atrelados ao seu consumo, podem causar efeitos colaterais em casos de uso excessivo e prolongado. Entre eles, podemos citar:

  • desidratação;
  • diminuição do volume do sangue;
  • tonturas e até desmaios nos casos mais graves;
  • náuseas e vômitos;
  • perda de apetite;
  • câimbras decorrentes da eliminação excessiva do potássio.

Dessa forma, fica evidente a necessidade de usar diuréticos com o acompanhamento de um médico, já que somente um profissional habilitado saberá informar a dosagem ideal para cada indivíduo.

3. Entenda como os diuréticos agem no corpo humano

Os diuréticos agem no organismo intensificando o processo natural de filtração da água e sais minerais e reabsorvendo as substâncias importantes para o bom desenvolvimento das funções do corpo.

Como consequência desse aumento da filtragem, a quantidade de urina produzida no corpo também é aumentada de maneira significativa, o que favorece a eliminação de elementos indesejáveis no organismo, promovendo uma espécie de detox natural e diminuindo a tão temida retenção de líquidos.

Por fim, vale reforçar que é muito importante, antes de iniciar o uso do diurético, se informar sobre o consumo adequado para as suas necessidades, sempre contando com o suporte de um profissional especializado.

Agora que você já sabe as 3 principais informações que desmistificam a ideia de que diurético faz mal à saúde, entre em contato conosco. Teremos o maior prazer em oferecer nossos suplementos para ajudar na conquista dos seus objetivos!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.