Efeitos da sucralose: você sabe como ela atua no seu organismo?

Pesquisas mostram que um em cada cinco adultos estão obesos no Brasil. Diante desse cenário, muitas pessoas buscam maneiras eficazes de reduzir o consumo excessivo de açúcar no dia a dia. Nesses casos, uma solução muito comum tem sido o uso de adoçantes — substâncias que proporcionam um sabor adocicado, mas que não contêm calorias. Se esse é o seu caso, você precisa conhecer os efeitos da sucralose.

A sucralose é um composto sintético altamente alterado em laboratório. Com a substituição de alguns grupos químicos nas suas moléculas, a substância é extremamente doce, com o mesmo sabor do açúcar e, praticamente, sem calorias.

Quer conhecer mais sobre os efeitos da sucralose no organismo? Então, continue a leitura!

Sucralose ou açúcar refinado?açúcar

Assim como o açúcar refinado, a sucralose é derivada da cana-de-açúcar e é capaz de adoçar 600 vezes mais que a sacarose. No entanto, ao contrário do açúcar, a sucralose não é degradada pelo nosso organismo e não serve como fonte de energia.

O processo de refinamento que o açúcar de mesa sofre faz com que ele perca todos os nutrientes. Sua propriedade de ser rapidamente digerido permanece, causando um rápido aumento no nível de glicose do sangue e contribuindo para o acúmulo de gordura nas células.

A sucralose é muito usada para adoçar bebidas e alimentos quentes, como café e bolos. Contudo, um estudo realizado por pesquisadores da Unicamp constatou que, quando aquecida, a substância torna-se quimicamente instável e libera compostos tóxicos, cumulativos no corpo humano e potencialmente cancerígenos.

Porém, muitas pessoas ainda não conhecem os efeitos da sucralose e a consomem por pensarem que se trata de uma opção melhor que o açúcar convencional.

Quais são os principais efeitos da sucralose no organismo?

Assim como outros adoçantes artificiais, a sucralose afeta a microbiota intestinal. A diminuição das bactérias boas e o aumento das bactérias ruins no nosso intestino pode aumentar a ocorrência de doenças inflamatórias intestinais.

Além disso, essas inflamações alteram a maneira como o organismo digere a glicose, provocando o aumento da substância no sangue. Mesmo pequenas quantidades de adoçante podem causar alterações na flora intestinal.

A sucralose é capaz de modificar e aumentar a absorção de outros carboidratos consumidos na alimentação. Ela também promove resistência à insulina — fator de alto risco para a diabetes, derrame cerebral e doenças coronarianas.

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

É possível substituir o uso da sucralose?

Diante desses efeitos, devemos destacar que é possível substituir o uso da sucralose por outras opções mais saudáveis e com a mesma função, como a stévia e o açúcar de coco, que são de origem natural e tem muitos benefícios para a saúde.

A stévia é derivada de uma planta e ajuda a regular o apetite, auxilia na perda de peso, controla problemas como hipertensão, diabetes e obesidade e pode ser utilizada em alimentos ou bebidas quentes, pois se mantém estável em temperaturas até 200 °C.

O açúcar de coco, por sua vez, é minimamente processado e tem boas quantidades de vitaminas do complexo B e minerais como magnésio, potássio, zinco e ferro. Além disso, seu índice glicêmico é menor, entrando de forma lenta na corrente sanguínea.

Apesar da baixa quantidade de calorias, é importante conhecer os efeitos da sucralose no seu organismo e entender que tipo de adoçante você está consumindo. Por isso, o ideal é fazer algumas substituições e moderar o consumo dessas substâncias.

Se você gostou das nossas dicas, não deixe de compartilhar nosso conteúdo em suas redes sociais! Assim, você leva informação de qualidade para os seus amigos!

Onde encontrar?

Quer diminuir a sua vontade de doces ? Então clique aqui.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.