5 erros na dieta mais comuns que devem ser evitados

A maior parte das pessoas que começam a seguir uma dieta pode acabar não consumindo os nutrientes importantes para o organismo. Com isso, os resultados da perda de peso não são os esperados, causando frustrações. Isso pode ser resultado dos erros na dieta, muito comum no caso de pessoas que fazem o regime por conta própria.

Para evitar esse problema, é fundamental sempre contar com a ajuda de um especialista na hora de mudar a alimentação. O profissional é apto para realizar os exames necessários e indicar os melhores alimentos para o emagrecimento. Neste post, vamos mostrar os 5 erros mais comuns na dieta. Confira!

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

1. Excluir totalmente os carboidratos

Eliminar completamente os carboidratos da dieta é algo muito comum, já que várias pessoas pensam que poderão emagrecer mais rápido. Ao cortá-lo, o corpo emagrece, mas a falta deles provoca uma grande fadiga, deixando o organismo sem energia para as atividades do dia a dia.

Além disso, pode causar mau humor, enfraquecimento das unhas e queda de cabelo. Por isso, é muito importante incluir os carboidratos na alimentação, optando pelos produtos integrais.

2. Dormir com fome

Não comer bem durante a noite é um grande erro. Isso porque durante a manhã, ao acordar, a fome estará ainda mais potencializada pelas horas de estômago vazio. Assim, a chance de exagerar no café da manhã e de ingerir alimentos calóricos aumenta.

Para evitar o problema, é importante sempre se alimentar cerca de 3 horas antes de dormir. Opte por alimentos leves, como saladas, sopas, sanduíches e evite os calóricos e pesados.

3. Ficar muito tempo sem comer

Um erro muito comum de quem segue uma dieta é passar horas sem comer. Em jejum, o corpo entende que necessita economizar energia e começa a gastar menos calorias para os processos. Esse comportamento pode aumentar a vontade por doces e alimentos calóricos.

Isso é um mecanismo de defesa que o metabolismo ativa para formar uma reserva caso exista outra crise de abstinência alimentar. Logo, é essencial comer de 3 em 3 horas, ingerindo alimentos leves e saudáveis, como frutas, verduras, legumes e grãos.

4. Consumir oleaginosas de forma exagerada

Apesar de serem saudáveis, as oleaginosas são ricas em calorias. Portanto, preste atenção ao tamanho das porções de sementes, nozes e castanhas ingeridas. Embora esses alimentos proporcionem uma boa fonte de nutrientes, eles também oferecem calorias e não apresentam benefício adicional se você estiver seguindo uma dieta adequada, com outros alimentos nutritivos e saudáveis.

5. Comer rapidamente

O cérebro leva cerca de 15 minutos para perceber a saciedade. Ingerir os alimentos rapidamente significa comer mais para ficar satisfeito, o que leva ao ganho de peso. Por isso, mastigue adequadamente cada porção e preste atenção nos sabores. Isso faz com que as refeições fiquem mais saborosas e a digestão, mais fácil.

Como vimos, existem diversos erros na dieta que são muito comuns, como dormir com fome, não consumir carboidratos, ficar longas horas sem comer, entre outros. É essencial manter uma dieta saudável sob prescrição de um especialista e aliá-la à prática de exercícios físicos.

Gostou deste post e quer complementar a sua leitura? Então, conheça os riscos e cuidados das dietas sem carboidratos!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.