Especial Dia das Crianças: como prevenir a obesidade infantil?

As perspectivas sobre obesidade infantil são alarmantes. A Revista Abril publicou que a Federação Mundial de Obesidade estima que até 2025 o número de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos que estarão acima do peso vai chegar a 268 milhões. Esse dado nos mostra como prevenir a obesidade infantil é importante.

Segundo a matéria publicada pelas Nações Unidas, a Organização Mundial da Saúde considera que 41 mil crianças menores de 5 anos estão acima do peso. Trata-se de um dos temas de saúde pública mais relevantes da atualidade.

Além disso, outros transtornos associados à obesidade são constatados, como: hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes, distúrbios psicológicos e obesidade na vida adulta. Veja, a seguir, o que está sendo feito pelas autoridades e as formas de evitar essa epidemia mundial.

Atuação das autoridades

Sabendo da gravidade do problema causado por maus hábitos alimentares e da ausência de atividade física, o Ministério da Saúde selecionou 15 mil domicílios brasileiros, com crianças abaixo de 5 anos, para participarem do Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil.

Os pesquisadores coletarão dados sobre saúde e nutrição das crianças do Brasil, considerando hábitos alimentares, crescimento e desenvolvimento. As informações contribuirão para a construção de políticas públicas para prevenir a obesidade infantil.

Além da atuação do governo, os pais também podem contribuir para mudar esse panorama. Veja algumas boas práticas que podem ser repassadas para as crianças.

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

Alimentação saudável

Como são os pais que compram os alimentos, é muito importante que façam uma seleção criteriosa do que consomem e estejam cientes das consequências que isso gera para a saúde do seu filho. Para começar, é importante aumentar o consumo de frutas, legumes e vegetais em casa.

Além disso, é essencial dar preferência para alimentos integrais, evitando biscoitos e refeições prontas, bem como restringir a ingestão de bebidas doces, como refrigerantes e sucos industrializados. Também é importante respeitar o limite do filho, não o forçando a comer além da sua vontade.

Prática de atividade física

A atividade física na infância é uma excelente forma de prevenção da obesidade infantil. Além da queima de calorias, o hábito da prática de exercícios fica para a vida adulta, auxiliando também no fortalecimento dos ossos e músculos, melhorando o humor e o sono.

É importante que a criança goste de fazer o exercício, que pode ser desde alguma brincadeira com corridas, como esconde-esconde e pega-pega, até atividades regulares em academias, como dança e natação.

Exemplo dos pais

As crianças prestam muita atenção nas atitudes dos pais, então dar o exemplo é fundamental. De nada adianta cobrar da criança alimentação saudável e atividades físicas se os próprios pais não fazem sua parte.

Os filhos têm nos pais uma referência a ser seguida. Assim, é importante que toda a família tenha hábitos de vida saudáveis. Só assim os pequenos vão encarar o cuidado da alimentação e a prática de exercícios de forma natural.

Nos primeiros anos de vida a imunidade é baixa, visto que o sistema imunológico do ser humano amadurece ao longo dos anos. Então, como prevenir a obesidade infantil por meio da alimentação? A resposta é: suprindo a criança com vitaminas, nutrientes e sais minerais.

Agora que você já entendeu a importância de cuidar bem da saúde do seu filho, conheça o vitamínico infantil que complementa a alimentação e melhora a imunidade das crianças.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.