O que o aumento da longevidade demanda de cuidados com a saúde?

O aumento da longevidade é uma tendência não apenas no Brasil, mas em todo o planeta. Como consequência, a população está vivendo mais e o número de idosos não para de crescer. Embora essa seja uma boa notícia, o envelhecimento também emite um sinal de alerta quanto aos cuidados com a saúde.

Como proporcionar qualidade de vida e bem-estar para as pessoas da terceira idade? Continue a leitura e confira quais serão os desafios dessa nova era.

Aumento da longevidade

O Brasil está envelhecendo, e isso pode ser comprovado por meio de dados. Em 2017, de acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o número de idosos ultrapassou os 30 milhões e, para 2030, a expectativa é que a população da terceira idade supere o número de crianças de 0 a 10 anos.

Muito disso é devido ao aumento expressivo na expectativa de vida, o que ocorre graças às melhorias em medicina, tecnologias, saneamento básico e desenvolvimento nacional. Hoje, esse índice é de 76 anos. Nos séculos anteriores, era difícil conhecer pessoas acima dos 60, 50 ou até mesmo 40 anos.

Por isso, estamos entrando em uma nova era: o tempo em que os idosos serão a maioria e vão precisar de cuidados e atenção especial para ter uma vida saudável e de qualidade.

Envelhecimento saudável

Os idosos de hoje são muito diferentes dos estereótipos da mídia e do senso comum, ou seja, eles estão mais antenados com as novidades, além de mais ativos e produtivos no dia a dia.

Isso significa que os mais velhos estão cada vez mais integrados na sociedade, e que não devem ser deixados de lado. Quanto às novas tecnologias, por exemplo, os recursos digitais são ótimas ferramentas e devem ser utilizadas por eles como forma de distração e comunicação.

Podemos concluir, portanto, que o conceito de velhice mudou. Contudo uma coisa que não muda são os cuidados com os mais velhos, os quais devem ser intensificados para evitar doenças crônicas e acidentes.

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

Cuidados com a saúde

O envelhecimento da população gera impactos diretos no sistema de saúde. Afinal, estas pessoas precisam de acompanhamento constante, o que acaba resultando em maiores custos e uma série de desafios para o país.

O vínculo constante entre profissional da saúde e idosos é essencial para monitorar parâmetros fisiológicos, como pressão arterial, índices de glicose no sangue e colesterol, para, assim, ter um diagnóstico precoce e evitar o agravamento de doenças como infarto, insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral (AVC) e diabetes.

Ademais, os cuidados com a saúde no envelhecimento giram muito em torno da prevenção, que é a melhor forma de garantir que essas pessoas terão uma vida longa e saudável, sem complicações que as deixem debilitadas.

Outro ponto a ser destacado sobre a saúde dos idosos é que eles estão mais suscetíveis a alterações visuais, auditivas e de equilíbrio, o que aumenta os riscos de queda e acidentes.

Por isso, é necessário investimentos em melhorias dos espaços públicos, como uma boa iluminação, fechamento de buracos e troca de pisos escorregadios. Dessa forma, os mais velhos estarão protegidos.

O aumento da longevidade no Brasil exige medidas que proporcionem mais saúde e bem-estar para a terceira idade que não para de crescer. Somente assim é possível garantir um futuro de qualidade para a toda a população. Afinal, todos seremos idosos algum dia.

Agora, que tal aproveitar que está por aqui para descobrir qual é a diferença entre artrite, artrose e osteoporose. Tenha uma boa leitura!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.