Overtraining

Overtraining na musculação: veja como evitar essa prática negativa

Na busca pelo corpo perfeito de forma rápida, é comum que muitas pessoas acabem se excedendo no treino — principalmente quando não há a orientação profissional correta. Isso pode levar o atleta a um processo chamado overtraining na musculação, que tem consequências graves.

Trata-se do excesso de treinamento, muitas vezes, combinado com alimentação inadequada e descanso falho. Dessa forma, o corpo não é capaz de se recuperar totalmente entre as sessões de exercícios, o que pode resultar em problemas mais sérios.

Então, para que isso não lhe prejudique, explicaremos aqui como evitar essa prática negativa. Acompanhe o post e confira!

Mantenha uma alimentação adequada

Em primeiro lugar, para quem pratica atividades físicas é essencial seguir uma dieta balanceada.

É por meio da ingestão dos nutrientes certos que se atinge o aumento da massa muscular, a melhora da performance e a manutenção dos resultados já atingidos. Além disso, determinados alimentos previnem o estresse, e reconstroem e recuperam os tecidos.

É preciso, portanto, seguir uma alimentação adequada ao seu tipo de treino e aos seus objetivos. E, para isso, o ideal é procurar um profissional da área — um nutricionista esportivo ou nutrólogo.

Durma, ao menos, 8 horas ao dia

Ter uma boa noite de sono é essencial não somente para o crescimento e recuperação muscular, mas também para regularizar a produção hormonal e para o descanso geral do organismo. Afinal, é preciso repousar o corpo para acordar com disposição e manter a saúde.

Além de dormir bem e na quantidade correta, é preciso ter uma pausa entre os treinos. Para evitar o overtraining na musculação, o ideal é descansar 48 horas, no mínimo, antes de exercitar o mesmo grupo de músculos novamente. Isso garante a recuperação máxima dos tecidos, evitando perda muscular.

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

Intercale os grupos musculares

Outra boa estratégia para evitar os graves efeitos do excesso de treino é intercalar os grupos musculares.

Pode-se, por exemplo, alternar entre membros inferiores e superiores — ou seja, enquanto um grupo descansa e se recupera, o outro é exercitado. Dessa forma, é possível treinar todos os dias sem fadigar os músculos.

Um bom profissional da área pode lhe ajudar nessa questão, elaborando um planejamento adequado de musculação, e, assim, evitando o acúmulo de atividades de alta performance. Portanto, de novo: não deixe de consultar um personal trainer.

Suplemente quando necessário

Dependendo do seu tipo de treino e do seu organismo, não será possível suprir todas as suas necessidades apenas com a alimentação. Nesses casos, é necessário o uso de suplementos alimentares. E saber quando e o que suplementar é crucial para fazê-lo de forma correta, positiva para a sua saúde e o desempenho nos treinos.

Reconheça os sintomas do overtraining na musculação

Também é importante conhecer os sintomas do overtraining, para ficar atento caso qualquer um deles apareça e, assim, tomar medidas para combater os seus efeitos a tempo. Saiba, então, quais são esses sintomas:

  • dores de cabeça;
  • cansaço;
  • perda de apetite;
  • alteração do sono;
  • dores musculares constantes;
  • irritabilidade e agressividade;
  • ansiedade e depressão;
  • disfunções hormonais;
  • perda de peso;
  • redução do rendimento;
  • diminuição muscular.

Enfim, como foi possível perceber até aqui, o overtraining na musculação pode trazer consequências preocupantes. Por esse motivo, não deixe de seguir as dicas apresentadas neste post! Assim você evitará lesões e conseguirá atingir ou manter a forma física de forma extremamente saudável.

E agora, se deseja saber como potencializar os resultados dos seus exercícios, aproveite a visita no blog para ler também sobre a importância da alimentação pré-treino!

Onde encontrar?

Você também pode encontrar produtos que auxiliam o desempenho físico neste link.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.