4 principais sintomas da imunidade baixa e como prevenir

Você costuma ficar doente com frequência? Dores no corpo, espirros, tosse, intestino que não funciona bem e unhas que se quebram podem ser sintomas de imunidade baixa. O sistema imunológico atua como uma barreira contra a ação de vários micro-organismos, como vírus, fungos ou bactérias.

Composto por células e moléculas espalhadas pelo corpo, ele é capaz de reconhecer os estímulos estranhos que o corpo recebe, causando a destruição dessas estruturas. Por alguns motivos, esse sistema não consegue desempenhar a sua função de maneira adequada e desencadeia alguns problemas de saúde.

Se você deseja saber quais são os sintomas da imunidade baixa, não perca o nosso post. Boa leitura!

Quais são os sintomas da imunidade baixa?

1. Cansaço excessivo

Se a indisposição e a preguiça não deixam você em paz, pode ser um indício de imunidade baixa. Assim, o corpo solicita que a pessoa se recupere e permaneça em repouso até que se restabeleça. Dores localizadas no estômago, costas e cabeça ou generalizadas também podem surgir. Por outro lado, esses sinais se mostram inespecíficos e podem ter vários significados.

2. Infecções

Algumas doenças simples, como gripe, problemas de pele, herpes e dor de garganta, que levam tempo para desaparecerem ou surgem com frequência, também são sintomas de que o corpo está exposto. Logo, identificar esses problemas e buscar ajuda médica é muito importante para que o profissional avalie a situação e indique o melhor tratamento para você.

3. Estresse

Poucas pessoas costumam associar o efeito da ansiedade ou do estresse com a baixa imunidade ou a deficiência de nutrientes. No entanto, distúrbios psicológicos também desencadeiam os problemas imunológicos. Isso acontece porque as funções cerebrais estão diretamente relacionadas ao sistema imune e aos hormônios.

4. Queda de cabelo

A pele é uma barreira de proteção do corpo e, por essa razão, precisa estar nutrida em nível celular. No entanto, quando o nosso sistema imunológico está enfraquecido, os anexos da pele também se comprometem. Com isso, os fios caem em grande quantidade e as unhas ficam frágeis.

Como prevenir a imunidade baixa?

Mantenha uma alimentação saudável

A alimentação é essencial para manter a boa imunidade corporal e deve ser rica em verduras, legumes, frutas e grãos integrais. Por isso, coloque no cardápio alimentos como alho, gengibre, cenoura, limão, semente de girassol, leguminosas, entre outros. Além disso, tenha cuidado com os alimentos industrializados e ultraprocessados, que são ricos em gordura, sódio e açúcar.

Pratique atividades físicas

As atividades físicas são excelentes, já que aumentam a produção de anticorpos. Mesmo em casa é possível praticar 30 minutos diários de algum exercício, usando materiais simples, como uma cadeira, corda ou o próprio corpo.

Além disso, você pode optar pela corrida, caminhada, natação, musculação ou hidroginástica. O importante é manter o corpo em movimento!

Tente dormir bem

Dormir bem é fundamental, já que a falta de sono é um dos principais causadores da baixa imunidade. O nosso corpo necessita do tempo correto de descanso para repor as energias. Assim, mantenha o quarto escuro, evite usar aparelhos eletrônicos à noite e deixe o ambiente silencioso para induzir o sono.

Agora que você já sabe os sintomas da imunidade baixa, lembre-se de manter a boa alimentação e praticar exercícios físicos para mantê-la sempre forte. Além disso, procure um médico quando for necessário e verifique a possibilidade de usar suplementos.

Gostou deste post e quer saber mais? Então, assine a nossa newsletter e receba conteúdos diretamente em seu e-mail!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.