Conheça os tipos de colesterol bom e ruim para os homens

Na grande maioria das vezes, o colesterol é visto como o grande vilão da saúde e como um obstáculo para manter hábitos saudáveis. Por isso, com frequência é retirado totalmente das dietas mais restritivas. No entanto, ele é essencial para o funcionamento do organismo, desde que esteja em níveis adequados. Além disso, é importante saber que há dois tipos de colesterol: bom e ruim.

O problema surge quando suas taxas estão desequilibradas, podendo ser um componente fatal para alguns indivíduos. Se você tem dúvidas sobre o assunto, não deixe de ler este post. Aqui, você entenderá a diferença entre os tipos de colesterol e descobrirá dicas valiosas para manter a saúde do coração. Acompanhe!

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

Afinal, o que é o colesterol?

Trata-se de uma gordura, ou lipídio, produzida pelo fígado e que está presente na corrente sanguínea e nas células. Aliás, cerca de 70% do colesterol no organismo é produzido por esse órgão. O restante é obtido por meio da alimentação, principalmente de produtos de origem animal. A substância apresenta diversas funções para o corpo, tais como:

  • formação da vitamina D;
  • produção de hormônios, como o estrogênio, a progesterona e a testosterona;
  • composição da membrana plasmática, responsável pela integridade das células.

Para que o colesterol consiga transitar pela corrente sanguínea e chegar até os tecidos, ele se liga a lipoproteínas. E é exatamente isso que forma dois tipos de colesterol: o bom e o ruim, como veremos a seguir.

Qual a diferença entre colesterol bom e ruim?

Embora falamos que há dois tipos de colesterol, na verdade ele é sempre o mesmo. O que muda são as lipoproteínas às quais ele se liga para poder circular pelo organismo. Dependendo disso, se transforma em HDL e LDL, isto é, colesterol bom e ruim, respectivamente.

LDL — o colesterol ruim

A sigla vem da expressão em inglês low density lipoprotein e pode ser traduzida como lipoproteína de baixa densidade. Sua função principal é transportar o colesterol do intestino delgado e do fígado até as células e aos tecidos.

Entretanto, quando há LDL em excesso no organismo e ele se acumula dentro das artérias, podendo obstruí-las. Essa é uma das maiores causas do derrame ou AVC — acidente vascular cerebral. Por esse motivo, o LDL passou a ser conhecido como colesterol ruim.

HDL — o colesterol bom

HDL é a sigla para high density lipoprotein, ou lipoproteína de alta densidade. É considerado um colesterol bom porque tem a função de retirar o excesso do colesterol do corpo e levá-lo até o fígado para que seja metabolizado e, posteriormente, eliminado do organismo.

Em geral, os médicos trabalham apenas com os valores do HDL e do LDL. No entanto, ainda há o VLDL (very low density lipoprotein), que é uma espécie de fração do colesterol ruim e é considerado o pior dos piores.

Ainda, há a taxa de triglicérides, um tipo de gordura formada a partir de carboidratos. Ela também retira o colesterol bom de circulação e se deposita nas artérias.

Como reduzir o colesterol ruim?

O que vale é o equilíbrio dos dois tipos de colesterol. Ou seja, não é preciso zerar o ruim e ter somente o bom. Esse controle traz inúmeros benefícios para a saúde, pois evita o acúmulo de placas de gordura nas artérias e reduz o risco de enfarte, AVC e doenças cardíacas. Para isso, adote as seguintes medidas:

  • evite ingerir alimentos fontes de gorduras saturadas, como carnes vermelhas, queijo amarelo e manteiga;
  • aposte no consumo de fibras, como cevada, legumes e farelo de arroz, pois as fibras se ligam à gordura e fazem com que sejam eliminadas pelas fezes;
  • pratique atividades físicas regularmente, em especial os exercícios aeróbicos;
  • consuma suplementos alimentares que têm a capacidade de controlar o colesterol, como morosil e coenzima q10.

Agora que você já conhece melhor os dois tipos de colesterol (bom e ruim), será mais fácil cuidar de sua saúde e se manter em forma. Então, mantenha uma dieta equilibrada, evite hábitos nocivos como o tabagismo, má alimentação e sedentarismo e pratique atividades regularmente para manter os níveis de colesterol em quantidade adequada.

Ficou com alguma dúvida? Tem algo a acrescentar sobre os tipos de colesterol? Deixe um comentário abaixo e compartilhe suas opiniões conosco e com outros leitores!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.