Tratamentos para acne: o que você precisa saber está neste artigo

Na adolescência temos o primeiro contato com as indesejadas espinhas, mas elas podem nos acompanhar também na vida adulta. Para amenizar o problema, é preciso conhecer os melhores tratamentos para acne.

Primeiramente, é preciso saber que a acne é mais comum em pessoas com a pele oleosa, pois é caracterizada por uma lesão causada, justamente, pelo aumento da produção de sebo. O excesso de oleosidade obstrui os poros e favorece a proliferação de bactérias.

Essas bactérias, por sua vez, formam os famosos cravos que, quando inflamados, se transformam em espinhas. Sabendo disso, podemos deduzir que, ao controlar a oleosidade da pele, controlam-se as acnes. No entanto, há tratamentos específicos recomendados por especialistas. Quer saber mais? Veja!

Higienize a área afetada

O local com maior concentração de acne costuma ser o rosto. Sabemos que lavar bem o rosto é uma forma de evitar e tratar as espinhas. No entanto, é preciso ter cuidado para não lavar demais, pois o excesso pode irritar a pele e fazer com que ela produza mais oleosidade a fim de se regenerar.

O ideal é lavar de 2 a 3 vezes por dia, preferencialmente, com sabonetes e produtos específicos. Tome cuidado com os produtos que vai usar, pois alguns podem sobrecarregar a pele e causar uma irritação aguda.

O uso em excesso de cremes pode causar a acne cosmética. Opte por sabonetes e produtos recomendados por profissionais que tenham conhecimento sobre o problema e estejam preparados para indicar os melhores tratamentos para acne.

[]
1 Step 1
Que tal receber ofertas e matérias com prioridade?
Seu Nome
Previous
Next

Use medicamentos especiais

A acne é uma doença e precisa ser tratada, independentemente da idade. Espremer espinhas e usar soluções caseiras não resolvem o problema e podem, muitas vezes, até agravar o quadro.

O dermatologista é o profissional recomendado para prescrever tratamentos para acne. Normalmente, são indicados produtos à base de ácido retinoico, que auxiliam na desobstrução dos poros. Podem ser indicados, ainda, antibióticos orais para conter a ação das bactérias.

Em casos mais graves, o médico pode receitar isotretinoína, para inibir a produção das glândulas sebáceas. Mas a medicação possui alguns efeitos colaterais desagradáveis como: ressecamento dos lábios e da pele, dores musculares e alterações hepáticas.

Trate antecipadamente o problema

Muitas vezes, a acne só é percebida quando ela inflama e forma pus, mas esse é um estágio já avançado.  Aos primeiros sinais de oleosidade na pele é preciso intervir para controlar e evitar que cravos se transformem em espinhas.

Recomenda-se o uso de sabonetes à base de sulfacetamida sódica, ácido salicílico e enxofre, além de loções adstringentes e limpezas de pele. Criar uma rotina diária para cuidar da pele facilita os tratamentos para acne.

Tratar da pele com acne requer alguns cuidados especiais, como fazer limpeza de pele com um profissional de estética, usar tônicos e adstringentes para controlar a oleosidade e aplicar protetor solar, preferencialmente não oleoso.

Apesar de cravos e espinhas serem uma condição natural do nosso organismo e todos estarmos sujeitos a ter, os tratamentos para acne são efetivos. Uma pele bonita e saudável melhora a autoestima e a qualidade de vida de todos.

Gostou dessas dicas de como tratar a acne? Então veja agora os produtos recomendados para você cuidar da sua pele.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.